Acesse nossas flores anteriores

OCNA

         
                flor                      fruto verde                     fruto maduro
 

NOME POPULAR       ocna, óquina, planta do Mickey Mouse (em alguns países)

NOME CIENTÍFICO:   Ochna serrulata
                               
FAMÍLIA:                  Ocnáceas

DESCRIÇÃO:          Originária da África do Sul, a ocna é uma planta arbustiva lenhosa bastante ramificada, de  2 a 3m de altura ou, de até 6m, quando cultivada como arvoreta. Possui folhas pequenas, ovaladas e com bordas serrilhadas,  cor de ferrugem ao nascer, mas que logo adquirem bela coloração verde brilhante. As flores, pequenas e amarelas, surgem em abundância ao longo dos ramos mas têm vida curta. Cada flor dá origem a 5 ou 6 frutos, no formato de pequenas bolinhas, verdes inicialmente e pretos quando maduros. Presos ao cálices, que adquire coloração vermelha brilhante, os frutos sobrevivem à queda das flores durante várias semanas e fazem a alegria dos pássaros.

 CULTIVO:               Plante a sol pleno ou meia sombra, em solo rico em matéria orgânica, bem irrigado e com boa drenagem. A ocna aceita bem podas de formação, que devem ser realizadas uma vez terminada a frutificação. É bastante resistente ao vento, suporta geada leve e tolera períodos relativamente curtos de seca.
                   
FLORAÇÃO:  
       Embora descrita como planta decídua e de floração na primavera, alguns exemplares contradizem a regra, como o mostrado abaixo, coberto de flores e folhas em pleno inverno.

PROPAGAÇÃO:       Reproduz-se facilmente por sementes ainda frescas, por mudas formadas a partir de sementes disseminadas por pássaros em áreas próximas à planta-mãe, ou ainda por estacas de ramos semi-lenhosos, obtidas no verão. A germinação de sementes ocorre em até 6 semanas e o enraizamento de estacas entre 30 e 40 dias.

USOS
:
            É cultivada como cerca-viva, planta isolada, arvoreta ou em vasos.

 

Fotos tiradas em 31/07/2013