Acesse nossas flores anteriores

BOCA-DE-LEÃO

  

NOME POPULAR:    Boca-de-leão

NOME CIENTÍFICO: Antirrhinum majus

FAMÍLIA:                Plantagináceas  (anteriormente Scrophulariáceas)

DESCRIÇÃO:       Originária da região do Mediterrâneo, a boca-de-leão é uma herbácea florífera bienal, tratada como anual, isto é, os canteiros devem ser refeitos anualmente.  Alcança cerca de 70 cm de altura, mas, a variedade anã (Antirrhinum majus "Dwarf") não passa dos 35cm. A planta tem porte ereto, folhas lanceoladas  e haste com inúmeras flores de cores variadas.  O nome popular deriva do formato das flores que, quando apertadas, se abrem lembrando uma "boca".

FLORAÇÃO:        A floração ocorre durante os meses do inverno e da primavera. Existem inúmeras variedades com grande diversidade de cores,  brancas, amarelas, vermelhas, laranja, rosa e lilás.

PROPAGAÇÃO:     Apenas por sementes. A semeadura é feita de preferência no outono, diretamente no local definitivo ou em caixotinhos ou bandejas de isopor, para posterior transplante. Mantenha a sementeira sempre úmida, sem encharcar.

CULTIVO:               A boca-de-leão  é planta de climas frios. Necessita de sol pleno, solo rico em matéria orgânica e bem drenado. Faça regas regulares, evitando sempre direcionar o jato de água para a parte superior da planta. É pouco atacada por pragas e doenças.   

USOS
:
             Largamente utilizada em bordaduras, canteiros e jardineiras. Vai bem em interiores, desde que mantida junto a janela com boa iluminação.