Acesse nossas flores anteriores 

ANGÉLICA

 NOME POPULAR:    angélica, angélica-de-bastão

NOME CIENTÍFICO: Polianthes  tuberosa

FAMÍLIA:                Amarilidáceas

DESCRIÇÃO:       Originária do México, conhecida já dos aztecas, a angélica é uma herbácea bulbosa, delicada, de folhas finas que formam uma roseta na base do caule. No fim do verão começa a produzir de 2 a 5 hastes florais com cerca de 1m de altura.

FLORAÇÃO:         A floração ocorre durante o período que vai do verão ao outono e as flores, brancas, simples ou dobradas, são extremamente perfumadas. 

PROPAGAÇÃO:       Quando a folhagem secar, retire os bulbos da terra e guarde-os em local seco para replantar no início da primavera

CULTIVO:               No solo ou em vaso, a angélica necessita de boa exposição solar. Alguns dias antes do plantio, incorpore um punhado de NPK 4-14-8 por metro quadrado de terreno. Plante em covas a uma profundidade aproximada de duas vezes o diâmetro do bulbo, em solo rico em matéria orgânica, leve, poroso e bem drenado. Comece a regar somente após o aparecimento das folhas.     

USOS
:
             A angélica é usada para  plantio em canteiros,  bordaduras e vasos.  Dentro de casa, o vaso deve ser mantido junto a janela de face norte.