Acesse nossas flores anteriores

ALAMANDA

 

NOMES POPULARES: dedal-de-moça
                             alamanda-amarela
    

NOME CIENTÍFICO: Allamanda cathartica

FAMÍLIA:                Apocináceas

DESCRIÇÃO:        A alamanda é um arbusto escandente perene, nativa do Brasil. Originária de regiões litorâneas no norte, nordeste e leste, é cultivada quase que em todo mundo graças a seu alto valor decorativo. É  planta  de crescimento vigoroso; possui longos ramos flexíveis, semi-lenhosos a lenhosos, que precisam de um tutor onde se apoiar. As folhas são ovaladas e carnosas, de um verde-escuro brilhante.  As flores são grandes, amarelas e em formato de campânula. Todas as partes da planta exudam uma seiva leitosa que pode causar dermatite. O gênero Allamanda  possui espécies diversas, inclusive com flores arroxeadas.

FLORAÇÃO:         O florescimento ocorre durante o ano todo mas seu auge ocorre durante a primavera e o verão.      

CULTIVO:             A alamanda deve ser plantada  a pleno sol, em solo  rico em matéria orgânica e com boa drenagem. Se as chuvas no verão forem esparsas, a planta deve ser regada regularmente; diminua as regas durante os meses mais frios. Anualmente, no final do inverno, faça  uma adubação com composto orgânico e aplique um fertilizante químico, especial para flores, na dose recomendada pelo fabricante.
Ao final da floração principal, elimine folhas secas, galhos quebrados
e tortos e oriente os galhos na direção desejada.
 

  
PROPAGAÇÃO
:
     Multiplica-se  por sementes e por estacas feitas durante  a primavera e o verão. 

USOS:            Pode ser plantada no solo ou em vasos, mas necessita de tutor onde se apoiar: grades, muros, colunas, pérgolas treliças, etc.