Acesse nossas dicas anteriores

ERVA-DE-PASSARINHO

  

                       Árvore infestada         Broto da erva e raiz agarrada ao tronco    

Repetimos aqui o alerta sobre o poder de destruição da erva-de-passarinho (Struthantus flexicaulis), um parasita que se instala geralmente em plantas lenhosas.  Sua propagação conta com a ajuda de passarinhos, que ingerem as sementes e mais tarde as eliminam junto com as fezes. A erva emite raízes especiais que penetram nos caules e nos ramos da planta hospedeira, sugando-lhe a seiva, causando sua degeneração e podendo acabar por matá-la se não for erradicada. 

Seu combate é difícil e feito apenas através da poda da planta afetada, de preferência no inverno, quando as folhas das árvores secam e o parasita fica mais evidente.  Contudo, quando o parasita está em estágio inicial e se encontra em galhos de fácil acesso, é possível evitar a poda da planta, bastando para tanto  remover os ramos da erva e todas  as raízes que se agarram e se enrolam nos troncos da planta. Qualquer resto de raiz deixado no  tronco é suficiente para iniciar uma nova infestação. Várias árvores em locais públicos estão afetadas por esse parasita. Não deixe que ele contamine também as suas plantas lenhosas.

Siga-nos no